06/02/2014
Reportagem desmistifica câncer relacionado à radiação por urânio em Pocinhos Reportagem desmistifica câncer relacionado à radiação por urânio em Pocinhos


Em Pocinhos (PB), há aproximadamente meio século, alguns norte-americanos começaram a aparecer com frequência, conduzindo pesquisas científicas no anonimato. A pequena cidade do semiárido paraibano, hoje, tem um índice considerado de câncer. Pesquisadores brasileiros, nas décadas de setenta e oitenta do século passado, realizaram pesquisas, confirmando a presença de urânio no subsolo do município.

Os moradores falam sobre a situação, sendo que alguns deles testemunharam o processo de extração de urânio e a medição do mesmo com aparelhos científicos. Eles expressam as respectivas opiniões, ou protestam contra o silêncio que, ainda hoje, nega para a população local, qualquer informação capaz de elucidar os fatos e acima de tudo, a eventual relação entre urânio e câncer.

Há décadas os pocinhenses vivem com essa informação, os casos de câncer na cidade são providos de uma radiação provavelmente causada por urânio? Informação desmistificada pelo professor universitário Dr. José Avelino (UFCG), que aponta em estudos científicos que não há relação nenhuma dos casos de câncer com a radiação, apontando ainda, que o número percentual dessa radiação seria insuficiente para causar tumores.  

Em entrevista, nesta manhã (06), a secretária de saúde do município de Pocinhos, Dra. Adriana Melo, informou que não há nenhuma comprovação nem relação entre urânio e os casos de câncer na cidade, disse ainda, que as principais causas dos óbitos ocorridos no município ainda são causadas por doenças cardiovasculares.

Os casos mais comuns de câncer na cidade estão na média dos 70 aos 90 anos.

O urânio (homenagem ao planeta Urano).

É um elemento químico de símbolo U e de massa atômica igual a 238 u, apresenta número atômico 92 (92 prótons e 92 elétrons), é um elemento natural e comum, muito mais abundante que a prata, abundância comparável à do molibdenio e arsênio, porém quatro vezes menos abundante que o tório.

À temperatura ambiente, o urânio encontra-se no estado sólido. É um elemento metálico radioativo pertencente à família dos actinídeos.

Decom- Paolloh Oliver

 

 

 

 






 
 
 

 

 


.

.

.

.

 
 
   A Prefeitura

 Gabinete do Prefeito
 Gabinete da Vice-Prefeita
 Secretaria de Administração
 Secretaria de Agricultura
 Sec. de Assistência Social
 Secretaria de Cultura
 Secretaria de Educação
 Secretaria de Extraordinária
 Secretaria de Finanças
 Secretaria de Indústria e Comércio
 Secretaria de Infraestrutura
 Secretaria de Saúde
 Procuradoria Geral do Município
 Assessoria de Comunicação
 
 A Cidade

 História da Cidade
 Telefones Úteis
 Pontos Turísticos
 Transparência

 Portal da Transparência
 Licitações
 Diário Oficial